Ainda há muita incerteza sobre como o 5G será implementado aqui no Brasil, mas a boa notícia é que provavelmente não faltarão produtos já preparados para a chegada da tecnologia. A MediaTek, por exemplo, está lançando a família de chipsets 5G Dimensity para smartphones e um modem para notebooks. O foco, por enquanto, são mercados da Ásia, América do Norte e Europa, que já estão em fase inicial de implementação da rede 5G. 

Smartphones

O Dimensity 1000 é um SoC (sistema em um chip) para smartphones, de apenas 7 nanômetros, que combina quatro núcleos Arm Cortex-A77 (operando até 2,6 GHz) e quatro núcleos Arm Cortex-A55 (até 2,0 GHz).  A nova unidade de processamento de IA é a APU 3.0, prometendo o dobro do desempenho da geração anterior.

Ele tem suporte a Dual SIM, permitindo o uso de chips 5G de duas operadoras diferentes, com velocidade de downlink de 4,7 Gbps e uplink de 2,5 Gbps em redes abaixo de 6 GHz. O chip também oferece suporte multimodo para as geração de conectividade de 2G a 5G.

Devido às tecnologias Wi-Fi 6 e Bluetooth 5.1, o Dimensity 1000 oferece mais de 1 Gbps de taxa de transferência, segundo o comunicado da MediaTekPara uma melhor experiência com streaming e jogos online no 5G, o chip conta com GPU Arm Mali-G77, suportando telas Full HD + de até 120Hz e 2K + até 90Hz, além do formato Google AV1 de até 4K a 60fps.

Já em relação à qualidade de imagem, o Dimensity 1000 suporta sensores de câmera de até 80MP a 24 quadros por segundo. A maior capacidade de IA também auxilia no aprimoramento do foco, exposição e balanço de branco automático, redução de ruído, HDR e detecção facial.

A expectativa é que o Dimensity 1000 esteja em smartphones lançados no primeiro trimestre de 2020.

Notebooks

Para notebooks, o novo modem se baseia em parte no Helio M70 5G, lançado no início deste ano, e foi desenvolvido em parceria com a Intel. O componente será integrado, por enquanto, a computadores de fabricantes como Dell e HP, que deverão ser disponibilizados apenas no início de 2021.

Nessa relação de parceria, a Intel afirma que será responsável por definir as especificações para as soluções 5G focadas em laptops, enquanto a MediaTek será encarregadas de desenvolver e fabricar o modem. Por fim, a Intel irá desenvolver e validar a integração de hardware e software.

 

Fonte: Gizmodo